Jogador gasta 100k em Diablo Immortal e perde acesso importante do jogo

Jogador gasta 100k em Diablo Immortal e perde acesso importante do jogo

O drama de um jogador de ‘Diablo Immortal’ envolve gasto exorbitante que ‘quebrou’ o jogo

Anteriormente, a polêmica envolvendo Diablo Immortal era em relação as microtransações absurdas que soavam como um sistema “Pay to win”, pagar para ganhar, que gerou revolta em muitos dos fãs que criticaram a medida, já que ela de certa forma “impede” alguns jogadores de progredirem no game.

No mês passado, o presidente da Blizzard, Mike Ybarra veio a público defender as microtransações de Diablo Immortal dizendo que a repercussão do caso não estava relacionada a um número de gastos de cosméticos que, segundo Mike, seria pouco.

Provando que Ybarra pagou com os dentes, uma notícia no mundo game está circulando atualmente como água: a de que um jogador pagou US$ 100 Mil Doláres em microtransações no jogo apenas para ficar sem adversário no final das contas.

A quantia exacerbada foi doada por Jtisall, que afirmou após a compra ter upado seu personagem a tal ponto que acabou quebrando o sistema matchmaking do jogo – algo que equaliza o seu nível de força a de outro player.

Porém, o que é polêmico nesse caso é que mesmo após o investimento, Jtisall não consegue achar adversários ao seu nível mesmo após a compra – o que, se pararmos um pouco para pensar, literalmente soa como um pacto com o Diabo não é mesmo Dona Blizzard?

No vídeo acima, o criador de conteúdo questiona seu público se deveria pedir reembolso à plataforma e afirma ter entrado em contato com a plataforma, que prometeu tentar achar uma solução para o seu problema.

Eu não posso fazer as coisas que gastei dinheiro com esse personagem para fazer, e não tenho prazo de quando as coisas realmente serão consertadas, ou mesmo sei se elas vão ser consertadas porque eu sou o único jogador em todo o mundo com esse problema

Jtisallbusiness via Youtube

Mas esse não foi o único caso em que um jogador de Diablo se colocou em apuros após investir uma quantia de dinheiro no game. Em junho desse ano, o streamer Quin69 gastou 15 mil dólares em microtransições para garantir uma Gema Lendária de 5 estrelas, coisa que não conseguiu.

Quin deletou o game e sua própria conta logo após o ocorrido como forma de protesto ao descaso da plataforma.

Embora o caso de Jtisallbusiness seja um tanto distinto de Quin, estimativas indicam que para o criador atingir o ponto de “maximação definitiva” de seu personagem variam em torno de 500 mil doláres, mais do dobro do que o jogador já custeou com o jogo. O cálculo foi feito por membros da comunidade do game.

Apesar do jogo ter ultrapassado mais de 30 milhões de downloads, até o momento dessa matéria não há posicionamento da desenvolvedora Blizzard em seu blog, site ou Twitter sobre o caso.

(Foto: Reprodução/YouTube (jtisallbusiness)

Diablo Immortal está com disponibilidade gratuita para os aparelhos iOS e Android, e para PC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *